ARQUIVO

BUSCA

Tijolos das edificações de Rio Preto, SP, no século passado

Publicado terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

0 comentários

Posto hoje uma curiosidade. Uma coleção de tijolos produzidos e usados na macro região de Rio Preto, SP, no início do século passado, ou seja, a partir do ano 1900.

A preciosidade, é do engenheiro civil João Carvalho, que, no dia 06 de Fevereiro, fez uma chegada da bandeira de Santos Reis na “Estrada Boiadeira” (vide postagem do dia 10 p.p. neste espaço).

No início do século passado, as olarias eram comuns não só em Rio Preto e região, como também em toda extensão, desde cidades ribeirinhas do Rio Grande até às margens do Salto do Avanhandava. Existiam centenas delas de qualidades ímpares. Junto com o café, o milho, o algodão e o gado, a arte do oleiro, ajudou em muito alavancar o progresso de nossa macro região.

A título de registro, a última olaria de grande porte da cidade de Rio Preto, pertenceu ao então Bispo Diocesano Dom José de Aquino Pereira e ao empresário rio-pretense dr. Milton Mendes. Localizava-se nas proximidades do “Bosque Municipal”. Foi desativada em meados dos anos 70.

Comentários - 0

Ninguém comentou ainda, seja o primeiro!